DINHEIRO PARA CUBA NÃO FALTA

A ilha de Fidel parece ser o paraíso dos dirigentes do PT. Não bastasse a dinheirama investida no Porto de Muriel, agora, o governo brasileiro resolveu investir um pouco mais na ILHA. Por meio do BNDES, o Brasil financia obra da Odebrecht em Cuba.
O governo do ditador Fidel Castro vai receber US$ 150 milhões do banco brasileiro para trabalho de reforma e ampliação do terminal do Aeroporto de Havana. A modalidade do empréstimo é diferente. Ao invés do financiamento dado a uma empresa para que tenha capital de giro para tocar suas obras, o crédito agora será oferecido pelo governo brasileiro direto ao governo cubano.
A Odebrecht informou aos órgãos de imprensa que o dinheiro não foi destinado a ela. E sim ao governo de Cuba. O objetivo consiste em atendimento à modalidade de crédito a exportação de bens e serviços brasileiros para a construção das obras do aeroporto em Havana.
Muito interessante, se formos observar que no nosso país impera uma recessão daquelas. Então, por que o BNDES não direcionar todo os financiamentos para o desenvolvimento de nosso país. Com a palavra, os dirigentes do país. Provavelmente, todos vão receber como resposta que o procedimento vai de encontro a política de beneficiar os “nossos hermanos”.

0 0 437 10 março, 2015 Estrutura, Slide, Todo Bem-Estar março 10, 2015

Sobre o autor

Dr. Stélio Leal Pessanha é médico com formação em Neurologia e Neurocirurgia e atua em consultório desde que se formou. É chefe de neurologia e neurocirurgia das cidades de Caieiras e Francisco Morato, pós-graduado em Neurologia, eletroencefalografia, eletroneuromiografia, Oto–neurologia, potencial evocado auditivo, visual e somatosensitivo. Desenvolveu e desenvolve atividades em: - clínica médica: Saúde Pública, Administração Hospitalar, Patologia Clínica, Medicina do Trabalho, Medicina do Tráfego, Didática do Ensino Superior - em comunicação: USP (Português, Inglês), Uninove (Jornalismo-Publicidade). Roteirista de rádio, teatro e TV É escritor: - “O Mestre Aprendiz de Medicina”, livro já editado que mostra a trajetória de um médico no dia a dia com pacientes no consultório, prontos-socorros e centros cirúrgicos (acesse https://www.youtube.com/watch?v=Gc0F4Z6DtUs para mais informações) - “O destino Cuspiu para o Alto”, em fase de execução, livro a respeito de membros de algumas famílias que tinham tudo para dar certo, mas trilharam o caminho do mal. Como cidadão, a rebeldia de um então jovem médico recém-formado o levou a fundar um jornal (Gazeta Regional de Caieiras e região), uma rádio (Onda FM 87.5), webTV (TV Nova Onda e está a caminho de abrir sua TV retransmissora, todos sob a égide da Associação de Mídia Comunitária, a AMIC). Todas as mídias objetivam defesa da democracia, do meio ambiente e dos direitos do que mais precisam.

Ver todos os artigos de Stelio Leal Pessanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>