O Sonho Vai Virar Realidade

“Sonho é a tradução de um sentimento que ainda não foi transportado para a realidade”, diriam os poetas. Mas não para o empresário carioca Ricardo Machado. Essa é a quinta tentativa do empresário em doze anos de fazer o sonho do carro elétrico brasileiro tornar-se realidade

 

Para chegar a essa nova etapa, Machado formou uma nova parceria com o grupo brasileiro Wake Motors, do Paraná. Assim, ressuscitaram-se os planos de produção de um minicarro elétrico brasileiro: o Óbvio. E, para surpresa de todos, não será colocado à venda no mercado. A fabricante será dona de toda a frota produzida. Quem quiser ter os carros vai precisar locar os destinados à empresas e redes de estacionamentos.

O oferecimento será feito no sistema de carsharing (compartilhamento de carros). A perspectiva localiza-se em duas frentes: para frotas de grandes empresas. Por sua vez, poderão colocar seu logotipo e se beneficiarem da imagem positiva por usar veículos não poluentes. A outra frente será para redes de estacionamentos.

As cidades escolhidas para os pontapés iniciais foram Rio e Curitiba, cada uma com cinquenta carros. Só depois o plano será estendido para cidades como São Paulo, Belo Horizonte, Recife e Caxias do Sul.

O Projeto

O projeto Óbvio foi iniciado em 2002. Ricardo Machado fechou diversas parcerias, entre elas, três internacionais: Auto América Group, Zapp e Cappadocia. Nenhuma se firmou e todos caíram fora, mas a joint ventura com a Wake, fabricante de bugies de luxo em São José dos Pinhais, mudou a história.

A união fez nascer uma nova empresa, a DirijaJa, que cuidará dos interesses do grupo. Fala-se em torno de 44 milhões de investimento para iniciar a produção do Obvio 828E, no fim de 2014, um compacto para três passageiros. Nos planos, estão também um furgão elétrico e um carro especial para cadeirantes.

Como não poderia deixar de ser, o motor elétrico e a bateria serão fornecidos por fabricantes dos Estados Unidos, Inglaterra, Canadá e China, tudo atestado pelo grupo inglês Lotus e pela fabricante americana de veículos elétricos de luxo Tesla.

Quem pensa que, para o sonho do brasileiro se tornar realidade, não tem dedo de estrangeiro pode tirar o cavalinho de campo. O investimento todo resulta de um mix de aportes de capital próprio da Cappadocia Investments (que detém 10% da Obvio!), Gespa Energy (da Alemanha) e de Family Offices (casas especializadas em administração de fortunas) do Rio de Janeiro e Curitiba, confirma o próprio idealizador do projeto.

Dificuldades de Conseguir Financiamento

O sonho do empreendedor brasileiro encontrou todos os tipos de obstáculos, mas não é muito difícil entender os motivos. Trata-se da lembrança da montadora falida chamada Gurgel. Para muitos investidores, a iniciativa seria uma espécie de Gurgel II, Missão Impossível.

A verdade é que ficou na cabeça de todo empresário o fiasco da Gurgel, o que deu mais combustível para Machado não desistir de seu sonho, mesmo que, em uma de suas tentativas, seu projeto tenha sido suspenso. Isso ocorreu simplesmente porque a fornecedora de motores do Paraná foi à falência e vendida para a Fiat.

Encontro de Sucesso

Há três anos, Machado conheceu Fabiano Izoppo e a Wake Motors. Fabiano é conhecido pelo empreendedorismo. Machado precisava de uma empresa com know how para criar plataformas, o que faltava para o Óbvio.

O sonho não acabou.

0 0 917 17 julho, 2014 Autos, Ciência e Tecnologia, Slide, Sustentabilidade julho 17, 2014

Sobre o autor

Dr. Stélio Leal Pessanha é médico com formação em Neurologia e Neurocirurgia e atua em consultório desde que se formou. É chefe de neurologia e neurocirurgia das cidades de Caieiras e Francisco Morato, pós-graduado em Neurologia, eletroencefalografia, eletroneuromiografia, Oto–neurologia, potencial evocado auditivo, visual e somatosensitivo. Desenvolveu e desenvolve atividades em: - clínica médica: Saúde Pública, Administração Hospitalar, Patologia Clínica, Medicina do Trabalho, Medicina do Tráfego, Didática do Ensino Superior - em comunicação: USP (Português, Inglês), Uninove (Jornalismo-Publicidade). Roteirista de rádio, teatro e TV É escritor: - “O Mestre Aprendiz de Medicina”, livro já editado que mostra a trajetória de um médico no dia a dia com pacientes no consultório, prontos-socorros e centros cirúrgicos (acesse https://www.youtube.com/watch?v=Gc0F4Z6DtUs para mais informações) - “O destino Cuspiu para o Alto”, em fase de execução, livro a respeito de membros de algumas famílias que tinham tudo para dar certo, mas trilharam o caminho do mal. Como cidadão, a rebeldia de um então jovem médico recém-formado o levou a fundar um jornal (Gazeta Regional de Caieiras e região), uma rádio (Onda FM 87.5), webTV (TV Nova Onda e está a caminho de abrir sua TV retransmissora, todos sob a égide da Associação de Mídia Comunitária, a AMIC). Todas as mídias objetivam defesa da democracia, do meio ambiente e dos direitos do que mais precisam.

Ver todos os artigos de Stelio Leal Pessanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Relacionado por tags

No related posts were found