Laudo Para Auxílio Doença

Segundo o presidente do Conselho Federal de Medicina, o tempo de duração de um curso para formar um médico varia de entre 6000 mil a 8.800 mil. Além disso, o doutor ainda precisa passar por residência médica num período de formação entre 4 e 6 anos. Depois disso, os médicos estão prontos para atender seus pacientes.

Mas, na maioria das vezes, tais médicos não se deparam com as mais temidas doenças. Pelo contrário, não conseguem chegar à terceira pergunta de sua anamnese e logo são interrompidos: “Por favor, doutor, o senhor pode fazer um laudo para eu conseguir um benefício no INSS?” Médicos concordam que, nesse momento, todo o espírito de nobreza que envolve um profissional se dissipa. E isso não ocorre uma vez ou outra. Sempre no final de consulta surgem os pedidos de benefícios de todos os tipos: para carteirinha, para o trem, metrô etc.

O problema é que muitos desconhecem alguns princípios básicos, a começar pelo fato de que o indivíduo precisa pagar o INSS. Caso contrário, não consegue se inserir nos diversos tipos de benefícios existentes nesse órgão previdenciário. É o que vemos rotineiramente. Grande parte dos pacientes desconhece o que é necessário para conseguir benefícios, não sabe que o INSS é um seguro previdenciário do governo. Se o cidadão não trabalhar e pagar, não tem benefícios do INSS; se não trabalhar e não pagar por fora, também não tem direito. Ainda há os que desejam até benefícios para crianças com problemas mínimos.

Mesmo com site da Previdência e propaganda maciça, o órgão não chega a mostrar aos brasileiros os seus direitos. Quem sofre com o problema é o médico. Assim, ouve bastantes impropérios pela realidade. No final, observa-se que se está num país de pobres, mas também de pessoas que querem levar vantagens sobre o governo brasileiro por meio de benefícios a que não têm direitos.

Pior para o médico. Pior para o povo.

0 2 1128 04 setembro, 2013 Fique Por Dentro, Slide setembro 4, 2013

Sobre o autor

Dr. Stélio Leal Pessanha é médico com formação em Neurologia e Neurocirurgia e atua em consultório desde que se formou. É chefe de neurologia e neurocirurgia das cidades de Caieiras e Francisco Morato, pós-graduado em Neurologia, eletroencefalografia, eletroneuromiografia, Oto–neurologia, potencial evocado auditivo, visual e somatosensitivo. Desenvolveu e desenvolve atividades em: - clínica médica: Saúde Pública, Administração Hospitalar, Patologia Clínica, Medicina do Trabalho, Medicina do Tráfego, Didática do Ensino Superior - em comunicação: USP (Português, Inglês), Uninove (Jornalismo-Publicidade). Roteirista de rádio, teatro e TV É escritor: - “O Mestre Aprendiz de Medicina”, livro já editado que mostra a trajetória de um médico no dia a dia com pacientes no consultório, prontos-socorros e centros cirúrgicos (acesse https://www.youtube.com/watch?v=Gc0F4Z6DtUs para mais informações) - “O destino Cuspiu para o Alto”, em fase de execução, livro a respeito de membros de algumas famílias que tinham tudo para dar certo, mas trilharam o caminho do mal. Como cidadão, a rebeldia de um então jovem médico recém-formado o levou a fundar um jornal (Gazeta Regional de Caieiras e região), uma rádio (Onda FM 87.5), webTV (TV Nova Onda e está a caminho de abrir sua TV retransmissora, todos sob a égide da Associação de Mídia Comunitária, a AMIC). Todas as mídias objetivam defesa da democracia, do meio ambiente e dos direitos do que mais precisam.

Ver todos os artigos de Stelio Leal Pessanha

2 comentário

  1. tiago anderson

    Quem tem cisto aracnóide pode trabalhar ou receber aux doenca? Meu servico é pegando [fazendo] muita forca. Não consigo mais trabalahr por causa de muitas dores de cabecas.

    Responder
    1. Serg Smigg

      Caro Tiago,
      grato pela participação.

      Nosso consultor para assuntos de Saúde está preparando uma resposta. Você a receberá em breve.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Relacionado por tags

No related posts were found