A Evolução da Medicina

Imagem: Internet.

Imagem: Internet.

Há pouco tempo, a imprensa nacional publicou um tratamento que permitiu uma menina de São Paulo a começar a falar. A paciente tinha a AME (amiotrofia muscular espinhal). Uma doença incurável que compromete um setor da medula chamada corno anterior, com neurônios que ligam músculos ao cérebro.

Os pacientes nascidos com a doença perdem movimentos do pescoço para baixo. Músculos respiratórios ficam fracos. Os pacientes então, dependem de aparelhos respiradores. A tosse fraca causa acúmulo de muco e eles podem ter a pneumonia.

Muita gente pergunta quem pode contrair a doença. A AME tipo 1, a mais grave, é genética e ocorre em 1 a cada 20 mil nascimentos. Uma a cada 50 pessoas carrega a mutação. Quando homem e mulher têm o gene, há 25% de risco para cada filho nascer com a doença.

No caso da menina paulista, só teve o diagnóstico fechado 7 meses após o seu nascimento. Teve vários casos de infecção pulmonar e passou vários meses internadas em UTI. Normalmente teria que ser submetida a uma traqueostomia prejudicando suas cordas vocais.

Graças ao hospital de alto nível onde foi tratada a opção foi o suporte respiratório não invasivo, que requer mais cuidados antes dos 3 anos de idade. De outro lado, suas cordas vocais foram liberadas dando melhor perspectiva de sobrevida.

Jornalista dr. Stélio L. Pessanha

Jornalista dr. Stélio L. Pessanha

0 0 666 30 setembro, 2014 Deu Na Imprensa, Saúde setembro 30, 2014

Sobre o autor

Dr. Stélio Leal Pessanha é médico com formação em Neurologia e Neurocirurgia e atua em consultório desde que se formou. É chefe de neurologia e neurocirurgia das cidades de Caieiras e Francisco Morato, pós-graduado em Neurologia, eletroencefalografia, eletroneuromiografia, Oto–neurologia, potencial evocado auditivo, visual e somatosensitivo. Desenvolveu e desenvolve atividades em: - clínica médica: Saúde Pública, Administração Hospitalar, Patologia Clínica, Medicina do Trabalho, Medicina do Tráfego, Didática do Ensino Superior - em comunicação: USP (Português, Inglês), Uninove (Jornalismo-Publicidade). Roteirista de rádio, teatro e TV É escritor: - “O Mestre Aprendiz de Medicina”, livro já editado que mostra a trajetória de um médico no dia a dia com pacientes no consultório, prontos-socorros e centros cirúrgicos (acesse https://www.youtube.com/watch?v=Gc0F4Z6DtUs para mais informações) - “O destino Cuspiu para o Alto”, em fase de execução, livro a respeito de membros de algumas famílias que tinham tudo para dar certo, mas trilharam o caminho do mal. Como cidadão, a rebeldia de um então jovem médico recém-formado o levou a fundar um jornal (Gazeta Regional de Caieiras e região), uma rádio (Onda FM 87.5), webTV (TV Nova Onda e está a caminho de abrir sua TV retransmissora, todos sob a égide da Associação de Mídia Comunitária, a AMIC). Todas as mídias objetivam defesa da democracia, do meio ambiente e dos direitos do que mais precisam.

Ver todos os artigos de Stelio Leal Pessanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>