Brasil é o Campeão em Cirurgia Plástica

Foto: Internet.

Foto: Internet.

O contraponto na nova realidade consiste no fato de que até um certo tempo atrás, falar em cirurgia plástica era coisa de milionário. De artistas e madames. Mas os novos tempos mudaram o quadro do perfil de clientes nos consultórios dos cirurgiões plásticos.

Em primeiro lugar, aumentou o leque de cirurgiões de boa qualidade. Outro motivo importante aponta para as facilidades encontradas em todo o Brasil para consertar aquilo que a natureza fez de errado na estética. Antes uma fortuna, o indivíduo agora encontra espaço em planos de saúde, carnes e até consegue pedir empréstimo bancário.

No ranking da motivação para se submeterem a cirurgias plásticas estão a procura de resolverem os problemas de estética. Todo mundo quer ficar mais bonito. Tanto é verdade que as lipoesculturas e implantes de silicone nos seios permanecem no topo da preferência.

De outro lado, aos poucos, a maioria dos brasileiros arrisca-se a retoques no rosto. Para se ter uma ideia, em 2014, o Brasil já liderava em plástica no nariz. A verdade é que as facilidades em termos de acesso aumentaram o suficiente para chegarmos ao atual estágio.

 

Jornalista dr. Stélio L. Pessanha

Jornalista dr. Stélio L. Pessanha

0 0 603 11 agosto, 2014 Deu Na Imprensa, Saúde, Slide agosto 11, 2014

Sobre o autor

Dr. Stélio Leal Pessanha é médico com formação em Neurologia e Neurocirurgia e atua em consultório desde que se formou. É chefe de neurologia e neurocirurgia das cidades de Caieiras e Francisco Morato, pós-graduado em Neurologia, eletroencefalografia, eletroneuromiografia, Oto–neurologia, potencial evocado auditivo, visual e somatosensitivo. Desenvolveu e desenvolve atividades em: - clínica médica: Saúde Pública, Administração Hospitalar, Patologia Clínica, Medicina do Trabalho, Medicina do Tráfego, Didática do Ensino Superior - em comunicação: USP (Português, Inglês), Uninove (Jornalismo-Publicidade). Roteirista de rádio, teatro e TV É escritor: - “O Mestre Aprendiz de Medicina”, livro já editado que mostra a trajetória de um médico no dia a dia com pacientes no consultório, prontos-socorros e centros cirúrgicos (acesse https://www.youtube.com/watch?v=Gc0F4Z6DtUs para mais informações) - “O destino Cuspiu para o Alto”, em fase de execução, livro a respeito de membros de algumas famílias que tinham tudo para dar certo, mas trilharam o caminho do mal. Como cidadão, a rebeldia de um então jovem médico recém-formado o levou a fundar um jornal (Gazeta Regional de Caieiras e região), uma rádio (Onda FM 87.5), webTV (TV Nova Onda e está a caminho de abrir sua TV retransmissora, todos sob a égide da Associação de Mídia Comunitária, a AMIC). Todas as mídias objetivam defesa da democracia, do meio ambiente e dos direitos do que mais precisam.

Ver todos os artigos de Stelio Leal Pessanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>