GOVERNO FEDERAL MUDA BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS

Mini não, uma baita reforma previdenciária mexendo com as regras dos direitos dos trabalhadores. O que mostra como vai ser daqui por diante o comportamento do segundo governo da presidente Dilma. Regras como auxílio doença, abono salarial, seguro desemprego e até pensão por morte mudaram para pior. Pior para os trabalhadores.
As explicações técnicas apontam para correção dos rumos da forma como os brasileiros encaram os direitos trabalhistas. É de conhecimento de todos a ocorrência de abusos em reivindicar alguns desses direitos. Na mesma proporção, piorou para a Previdência Social, a conquista do PT à presidência da República. Simplesmente porque passou a ser um governo voltado para o social. Muitos brasileiros levaram ao pé da letra do que diz a propaganda.
De todas as mudanças, uma em PARTICULAR, ferrou a classe médica: É a do Auxílio Doença. Agora para conseguir o benefício, o trabalhador vai precisar ficar afastado mais de 15 dias. Imagina se não sobrou para os médicos? Para a firma, o ônus de ter de pagar 30 dias parados. E para os médicos ter de dar atestado de 30 dias. Já pensou nisso?
Vamos as outras mudanças:

SEGURO DESEMPREGO: O prazo para a primeira solicitação passou de 06 meses para 18 meses para solicitação do benefício. Na segunda vez, o prazo passa para 12 meses. E na terceira, 06 meses.

PENSÃO POR MORTE: É necessário 24 meses (2 anos). O valor vai ser reduzido para 50% e 10% por dependente;

ABONO SALARIAL: É necessário ter trabalho pelo mínimo de 6 meses e não um mês como antigamente

0 0 448 29 dezembro, 2014 Política, Slide dezembro 29, 2014

Sobre o autor

Dr. Stélio Leal Pessanha é médico com formação em Neurologia e Neurocirurgia e atua em consultório desde que se formou. É chefe de neurologia e neurocirurgia das cidades de Caieiras e Francisco Morato, pós-graduado em Neurologia, eletroencefalografia, eletroneuromiografia, Oto–neurologia, potencial evocado auditivo, visual e somatosensitivo. Desenvolveu e desenvolve atividades em: - clínica médica: Saúde Pública, Administração Hospitalar, Patologia Clínica, Medicina do Trabalho, Medicina do Tráfego, Didática do Ensino Superior - em comunicação: USP (Português, Inglês), Uninove (Jornalismo-Publicidade). Roteirista de rádio, teatro e TV É escritor: - “O Mestre Aprendiz de Medicina”, livro já editado que mostra a trajetória de um médico no dia a dia com pacientes no consultório, prontos-socorros e centros cirúrgicos (acesse https://www.youtube.com/watch?v=Gc0F4Z6DtUs para mais informações) - “O destino Cuspiu para o Alto”, em fase de execução, livro a respeito de membros de algumas famílias que tinham tudo para dar certo, mas trilharam o caminho do mal. Como cidadão, a rebeldia de um então jovem médico recém-formado o levou a fundar um jornal (Gazeta Regional de Caieiras e região), uma rádio (Onda FM 87.5), webTV (TV Nova Onda e está a caminho de abrir sua TV retransmissora, todos sob a égide da Associação de Mídia Comunitária, a AMIC). Todas as mídias objetivam defesa da democracia, do meio ambiente e dos direitos do que mais precisam.

Ver todos os artigos de Stelio Leal Pessanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>