Tomando Lugar do Profissional

Imagem: Internet.

Imagem: Internet.

O e-commerce cresce para todos os setores. Desde o médico até o indivíduo com um pequeno comércio utilizam do meio eletrônico para alavancar os negócios. Mas nada se compara com os donos de empresa ávidos para venderem em escala global seus produtos. .

Se de um lado a comemoração pela via mundial da Internet mostra-se como realidade, os empresários estão se deparando com um problema típico de um país em desenvolvimento como o Brasil. E ganha um doce quem disser que é a velha falta de mão de obra especializada.

No caso em questão, trata-se de trabalhadores com cursos técnicos de montagens de site voltados para a venda de produtos. E não pode ser feito de qualquer jeito, tem de apresentar características atraentes e interessantes no visual e na acessabilidade.

O problema consiste no fato de que os melhores profissionais são incorporados pelas grandes empresas. O indivíduo começa numa empresa menor, logo em seguida um amigo avisa que a empresa no topo do ranking de melhores no setor está recrutando pessoal desse naipe. Influe muito nesse caso, o QI (quem indicou).

Sabendo disso, muitas empresas acabam montando sua própria escola de formação de garotos interessados em aprender o ofício. Só que acabam esbarrando em outro tipo de problema. O indivíduo aparece sem nenhum conhecimento. Utiliza toda a estrutura de informática da empresa, recebe por isso e depois se manda. Ainda acena para quem o ajudou com sinais de arrogância de que fez muito pela empresa.

Em vista desse panorama, muitos empresários estão voltando para a escola. Seja em cursos presenciais, como em cursos on line, os donos de empresa com necessidades específicas na WEB passam a ocupar lugar de jovens que poderiam fazer esse papel. É ruím para os dois lados, mais vai fazer o que?

Jornalista dr. Stélio L. Pessanha

Jornalista dr. Stélio L. Pessanha

0 0 664 08 setembro, 2014 Economia, Emprego setembro 8, 2014

Sobre o autor

Dr. Stélio Leal Pessanha é médico com formação em Neurologia e Neurocirurgia e atua em consultório desde que se formou. É chefe de neurologia e neurocirurgia das cidades de Caieiras e Francisco Morato, pós-graduado em Neurologia, eletroencefalografia, eletroneuromiografia, Oto–neurologia, potencial evocado auditivo, visual e somatosensitivo. Desenvolveu e desenvolve atividades em: - clínica médica: Saúde Pública, Administração Hospitalar, Patologia Clínica, Medicina do Trabalho, Medicina do Tráfego, Didática do Ensino Superior - em comunicação: USP (Português, Inglês), Uninove (Jornalismo-Publicidade). Roteirista de rádio, teatro e TV É escritor: - “O Mestre Aprendiz de Medicina”, livro já editado que mostra a trajetória de um médico no dia a dia com pacientes no consultório, prontos-socorros e centros cirúrgicos (acesse https://www.youtube.com/watch?v=Gc0F4Z6DtUs para mais informações) - “O destino Cuspiu para o Alto”, em fase de execução, livro a respeito de membros de algumas famílias que tinham tudo para dar certo, mas trilharam o caminho do mal. Como cidadão, a rebeldia de um então jovem médico recém-formado o levou a fundar um jornal (Gazeta Regional de Caieiras e região), uma rádio (Onda FM 87.5), webTV (TV Nova Onda e está a caminho de abrir sua TV retransmissora, todos sob a égide da Associação de Mídia Comunitária, a AMIC). Todas as mídias objetivam defesa da democracia, do meio ambiente e dos direitos do que mais precisam.

Ver todos os artigos de Stelio Leal Pessanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>