As Máquinas Secretas de James Bond

Foto: Internet

Foto: Internet

Você já se cansou de ouvir a frase: “Meu nome é Bond, James Bond”. Tornou-se uma grife, quando se fala em filmes de contra espionagem. Nenhum filme conseguiu se igualar a franquia produzida pelos britânicos. O sucesso do autor Ian Fleming ficou perene na memória de gerações.

Agora vai ficar mais ainda porque de vez em quando surgem reportagens contando todos as nuances envolvendo atores, bond girls e suas músicas. Só que agora chegou a vez daquelas máquinas maravilhosas pilotadas pelo mais famoso agente secreto do cinema.

Para os amantes do agente inglês, aqueles que têm todas as coleções de seus filmes e os CDs das trilhas sonoras, agora chegou a vez daqueles carrões dirigidos por Bond em seus filmes. Mas vão ter de se deslocar até as terras da rainha Elizabeth para conferir a exposição.

A mostra chama-se Bond in Motion e o local escolhido foi o London Film Museum no distrito de Covent Garden. E reúne diversos veículos usados em filmes do agente secreto mais querido no mundo. Para deleite do público, estarão expostos cinquenta carros, motos e lanchas que estrelaram as perseguições de James Bond.

O mais interessante é que os visitantes terão uma exposição interativa. Para tanto, telas foram instaladas logo atrás das principais atrações exibindo cenas envolvendo esses veículos. Para deixar qualquer fã louco, foram expostos objetos usados nos filmes, como a identidade do escocês Pierce Brosnan (na foto acima) como Bond.

O visitante ao chegar na exposição, vai encontrar dois suntuosos modelos Rolls Royce: o Phanton III 1937 do vilão Goldfinger e um belíssimo Silver Cloud II 1962 usado em “007 na mira dos assassinos” (1985). A exposição vai até março de 2015 e custa o equivalente a R$60.

OS MUSCLES CARS:

Os carros pertencem ao Instituto Ian Fleming, criador do personagem, e à produtora EON. O melhor de tudo é que a maioria dos carros continua em estado de conservação impecável, do jeito que os visitantes esperam encontrar na exposição. Alguns exemplos:

1 – XKR de “Um novo dia para morrer” ((2002) foi o primeiro Jaguar em um filme de 007;

2 – LANCHA do inventor “Q” que aparece em “O mundo não é o bastante” (1999);

3 – MERCURY COUGAR XR7 invade uma corrida na neve em “A Serviço Secreto de Sua Majestade (1969);

4 – ASTON MARTIN DB5 1963 foi um dos mais usados na sére;

5 – DBS de Cassino Royale bate recorde capotamentos;

6 – LOTUS Espirit S1 anfíbio aparece em “O espião que me amava” (1977)

7 – MOTOS também são lembradas na Bond in Motion;

8 – ASTON MARTIN Volante V8 de “007 Marcado para a morte” (1987);

9 – BMW Z8 também foi usada “O mundo não é o bastante”.

Jornalista dr. Stélio L. Pessanha

Jornalista dr. Stélio L. Pessanha

0 0 616 30 setembro, 2014 Cultura/Entretenimento, Diversos, Slide setembro 30, 2014

Sobre o autor

Dr. Stélio Leal Pessanha é médico com formação em Neurologia e Neurocirurgia e atua em consultório desde que se formou. É chefe de neurologia e neurocirurgia das cidades de Caieiras e Francisco Morato, pós-graduado em Neurologia, eletroencefalografia, eletroneuromiografia, Oto–neurologia, potencial evocado auditivo, visual e somatosensitivo. Desenvolveu e desenvolve atividades em: - clínica médica: Saúde Pública, Administração Hospitalar, Patologia Clínica, Medicina do Trabalho, Medicina do Tráfego, Didática do Ensino Superior - em comunicação: USP (Português, Inglês), Uninove (Jornalismo-Publicidade). Roteirista de rádio, teatro e TV É escritor: - “O Mestre Aprendiz de Medicina”, livro já editado que mostra a trajetória de um médico no dia a dia com pacientes no consultório, prontos-socorros e centros cirúrgicos (acesse https://www.youtube.com/watch?v=Gc0F4Z6DtUs para mais informações) - “O destino Cuspiu para o Alto”, em fase de execução, livro a respeito de membros de algumas famílias que tinham tudo para dar certo, mas trilharam o caminho do mal. Como cidadão, a rebeldia de um então jovem médico recém-formado o levou a fundar um jornal (Gazeta Regional de Caieiras e região), uma rádio (Onda FM 87.5), webTV (TV Nova Onda e está a caminho de abrir sua TV retransmissora, todos sob a égide da Associação de Mídia Comunitária, a AMIC). Todas as mídias objetivam defesa da democracia, do meio ambiente e dos direitos do que mais precisam.

Ver todos os artigos de Stelio Leal Pessanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>